quinta-feira, 30 de outubro de 2008

O marido da minha irmã me masturbou a força!!!

Isto aconteceu quando eu era uma menina adolescente, (hoje quando lembro fico molhadinha) na época morava com meus pais ainda e não trabalhava. Eu já não era mais virgem, mas também não era tão safadinha como hoje.
Eu tenho uma irmã mais velha, casada, eu não gostava muito do seu marido, pois suas piadinhas eram chatas e ele sempre me olhava de forma estranha.
Um dia minha irmã me ligou pedindo pra ir correr com ela no parque perto de sua casa, coloquei meu shortinho tênis e camiseta e fui, era um feriado e por volta das 10:00hs da manhã cheguei na casa dela.
Seu marido me atendeu, estava todo largado vestindo apenas um short, descalço e sem camiseta, ele era todo cabeludo (aii credo). Disse-me que minha Irma estava tomando um banho, entramos e me sentei no sofá, assistindo TV, e ele sentou-se ao meu lado, dava pra perceber que ele não tirava os olhos de mim estava até sentado de lado com uma das pernas dobradas do sofá.
Comecei a reparar que ele se mexia de forma estranha, olhei de relance e me assustei, o safado estava se masturbando ali do meu lado, fiz de levantar e num pulo rápido ele segurou meu braço ficando bem do meu lado, me segurando firme, e falando, “não mocinha, vai ficar aqui comigo”, ele segurou minha mão a colocando no pau dele me fazendo masturbá-lo, eu estava sem reação, não conseguia gritar, tentava me soltar mas ele me segurava e mandando ficar quietinha.
De forma brusca ele abaixou meu short junto com minha calcinha, ficando nos joelhos e começou a passar os dedos na minha menina, lisinha, (ai estou me masturbando agora lembrando isto) depois começou a socar dois dedos na nela, eu me contorcia toda, ele puxava meu rosto e começou a forçar um beijo, credo!! Eu não queria, e tentava sair, (hoje acredito que ele queria na verdade abafar meus gemidos) e não parava de socar seus dedos na minha xaninha de forma intensa e violenta.
Ele foi socando, até que não agüentei mais e nossa esguichei meu gozo, pulou longe entrei em transe na hora e me lembro dele me olhando e rindo sarcasticamente.
Sei que depois, levantei meu short, calcinha, ele nem me agarrou me forçando a ficar, só ria, me levantei e fui subindo as escadas pra ir ao quarto da minha maninha.
Isto é um segredo que guardo a sete chaves, alias existe um segredo maior até porque ele acabou me comendo um tempo depois.

Adoro o e-mail de vocês, me escrevam !!! barbarasensual@bol.com.br

2 comentários:

carol disse...

muiito bons seus contos ... quando vooc vai escrever mais ?

carol disse...

venho aqui sempre pra ver se vooc escreveu, nunca me surprendo ... pooruqe vooc não volta a escrever ?
seus contos são maravilhosos !